domingo, 20 de abril de 2014

AOS "IRMÃOS SEPARADOS"

Por Guilherme Parizio

Bem amigos, quem leu minha ultima postagem viu como eu fiquei chateado (eufemismo para furioso) com o episódio da falsa citação do religioso conhecido como Frei Damião. Fiquei tão indignado que publiquei aqui no meu blog o que escrevi no face. Em tempo: para meus amigos católicos informo que minha indignação não se deve a minha suposta simpatia para com a igreja que tem como chefe o Bispo de Roma. Não foi isso. A questão aqui foi atribuírem a minha pessoa a citação de uma figura controversa, obscurantista, fanática e (segundo alguns) incitador da violência para com outros credos. Não tenho nenhum receio em afirmar que possuo grandes amigos em grupos que não comungam do mesmas convicções doutrinarias que as minhas. Dedico também minha admiração a figuras históricas e personagens de nossa época que fizeram e fazem parte do REINO DE DEUS e não se encontram em nossas fileiras. As fotos que ilustram esta postagem é de uma visita que um líder protestante fez ao Papa Francisco. São imagens que mostram o esforço ecumênico que esses dois setores da cristandade tem produzido. 

2 comentários:

Valderez Azevedo disse...

O Apóstolo Paulo recomenda em Romanos 12:18 - "Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens" e eu louvo essa sábia atitude, pois como seremos instrumentos de Deus, se mantemos distância de todos os que não comungam a mesma fé...

Valderez Azevedo disse...

Sera que o "IDE" de Jesus, que é nossa principal missão aqui na terra, deve ser estrito apenas ao que se dizem ateus ou agnósticos... reflitamos também sobre isso!